Arquitetura do BI

Arquitetura do BI

A primeira atividade é a  Mobilização dos stakeholders.  Este é o pontapé inicial. Precisamos, nesta atividade, identificar as pessoas
importantes e necessárias para o andamento do projeto de BI. Sem as pessoas certas, o projeto precariamente se iniciará. Essa é a chave para dar a partida. Concluída a etapa de identificação e mobilização das partes interessadas, iniciamos a atividade de Levantamento das necessidades.
Essa é uma  das etapas mais importantes e críticas para o processo do BI. Aqui, serão levantados (junto com as pessoas chaves) todos os indicadores necessários, como também as métricas e descritivos que irão existir dentro da solução. Então, se não tivermos gestores com visão sistêmica e bem consolidada do negócio, não serão levantados indicadores de qualidade. A saída dessa atividade é a geração de um documento chamado “Matriz de Necessidades”.
A etapa de Mapeamento das fontes dos dados é a responsável por identificar e mapear os dados que serão a entrada para as informações e indicadores almejados. Aqui, todos os caminhos aos dados são mapeados, de forma que fique clara a localização, possibilitando assim a futura extração. A saída resultante dessa atividade é o documento intitulado “Fonte dos dados”.
Na atividade Construção da solução BI é onde efetivamente é desenvolvido o sistema de BI. Todo o levantamento e mapeamento agora é conduzido para a consolidação dos dados em informações estratégicas. É onde normalmente é feita a modelagem multidimensional (dimensional), o processo de ETL (extração, transformação e carga) que contribuirá com o armazenado dos dados na base consolidada do Data Warehouse.
.
Resultado de imagem para arquitetura bi

Nenhum Comentário

Escrever um Comentário