Carreira , Perfil profissional de BI

Carreira , Perfil profissional de BI

Apenas o conhecimento técnico por si só é suficiente? O que, além disso, devemos almejar? Como é a carreira e a perspectiva de um profissional de Business Intelligence?  O que devemos crer e ter em mente para crescermos cada dia mais nessa área? Muitas pessoas perguntam sobre a carreira de um profissional de Business Intelligence.  Perguntas do tipo “Como começar na área de BI?”, “Qual certificação devo realizar?”, “Quais os pré-requisitos para ingressar na área?”. Essas perguntas são interessantes pelo fato de não serem tão fáceis de responder, nem mesmo por alguém que já é profissional da área, e você vai entender o porquê.

 

O profissional de BI possui formação mista. Esse é um ponto muito importante. Engana-se quem acha que este precisa apenas de entendimento tecnológico ou de sistemas. Na verdade, o profissional necessita, além dessas características, conhecimento em negócios. Isso mesmo, negócios! Seria como mesclar TI e gestão em um ponto único. É importantíssimo conhecimentos básicos de finanças e contábil, pois provavelmente você irá se deparar com esses assuntos.

 

A visão de processos e gestão ajuda, e muito também, no entendimento da solução, tanto no desenvolvimento como na utilização. Possibilita a mediação de possíveis conflitos e impasses durante a implementação na organização, como também no desenvolvimento e interpretação das análises.

 

Talvez esteja aí o motivo de alguns não se aventurarem nessa empreitada. A aversão de alguns profissionais da área de TI a negócios torna o Business Intelligence não desejado por muitos. É importante salientar que esta seria a formação desejável de um profissional de BI, não é obrigatória. 

 

Temos que lembrar que existem vários níveis na construção de uma carreira sólida, não só no BI, mas em qualquer área. São diversas etapas a percorrer na consolidação do conhecimento do profissional de BI “completo”. Aos interessados em ingressar nesta área, digo que além da vontade, entusiasmo, foco, paciência, determinação, dedicação, ética, vontade de aprender e persistência, são necessários muitos outros pontos.
Por fim, e não menos importante, gostaria de dizer que, como tudo na vida, AMOR e PAIXÃO naquilo que se faz é o que nos torna melhores a cada dia. Por isso, devemos sempre estar em constante aprendizado, pois nunca teremos a plenitude do conhecimento, já que o que, na verdade, nos torna melhores é o caminho percorrido até ele. E esse processo de constante melhoria é feito naturalmente quando amamos aquilo que fazemos. E isso é o que vai diferenciar sempre o amador de um expert.

 

Resultado de imagem para business intelligence

Nenhum Comentário

Escrever um Comentário