Os dados vão dirigir nossas vidas

Os dados vão dirigir nossas vidas

Acredito que vocês já perceberam que a vida está mudando em um piscar de olhos, muitas tarefas que eram realizadas no passado, hoje estão sendo eliminadas ou substituídas em pouco tempo pelas novas tecnologias. Muitas profissões que eram consideradas intocáveis já começam a ter seus processos automatizados pelos algoritmos de Aprendizagem de Máquina (Machine Learning), facilitando a vida de cada um de nós.

Quem nunca precisou ir a um oftalmologista e ter o seu fundo de olho analisado, utilizando aquela máquina gigantesca de observação da córnea. Agora, para diagnóstico de determinada doença é possível por meio de algoritmos estatísticos/matemáticos, comparar o resultado do fundo de olho do paciente com uma gama de resultados que foram identificados e diagnosticados pelos médicos armazenados em uma base de dados, predizendo com assertividade entre 95% e 99% se determinado individuo tem ou não uma especifica doença, liberando os médicos para outros tratamentos e pesquisas não tão fáceis de serem padronizados como o exemplo que citei.

 

 

Outros exemplos fáceis de identificar se você adentrou nesta nova era, é respondendo as seguintes questões:

  • Você chama um táxi ou motorista particular, para ir a um determina encontro, você estando na rua, acena com a mão ou chama o veículo pelo seu smartphone?
  • Quando você quer viajar, se dirige a uma agência de viagens e fica horas sentado tentando reservar o melhor hotel e passeios ou faz tudo isso em um site de busca de viagens na internet em casa ou escritório?
  • Quando vai pagar uma conta de luz ou água, você vai até um caixa eletrônico gastando energia e tempo ou utiliza novamente seu smartphone?

O que podemos perceber é que toda esta mudança acarreta economia de tempo, velocidade na resposta desejada e maior flexibilidade de escolhas. A decisão passa a ser em frações de segundos.

Esta ruptura com o passado nos mostra que todos estes processos utilizam algoritmos estatísticos/matemáticos baseados em dados já coletados de experiências anteriores,  para lhe indicar as melhores rotas ou trechos a serem seguidos quando você viaja, o melhor investimento a ser aplicado baseado em suas características como cliente e até a escolha da sua profissional na identificação de suas aptidões e expectativas.

IOT, BIG DATA, Analytics, Business Intelligence,  Data Mining e outros termos trabalham com dados, estão mudando as nossas vidas e nos trazendo um futuro que para muitos parece incerto e preocupante, principalmente quando as profissões de hoje já não serão as mesmas das novas gerações que surgem. O que devemos fazer? O mais lógico é surfar na onda, a insegurança e medo só nos travará cada vez mais, não impedindo o inevitável, que é a expansão continua de softwares e máquinas cada vez mais inteligentes e que necessitará de cada um de nós para que sejam utilizadas para o bem de todos.    

Nenhum Comentário

Escrever um Comentário